Porque viajar para África do Sul? Conheça 5 motivos para embarcar nesta viagem!

entrevista de imigração
5 dicas para perder o medo e passar na entrevista de imigração
6 de janeiro de 2020
viajar sem falar inglês
É possível viajar sem falar inglês?
21 de janeiro de 2020

Porque viajar para África do Sul? Conheça 5 motivos para embarcar nesta viagem!

Viajar para África do Sul

Viajar para África do Sul é uma experiência diferenciada, ideal para as pessoas que apreciam novidades e desejam inovar saindo de destinos mais conhecidos para optar pelos menos improváveis. 

Acredite, a África do Sul deixa seus visitantes de queixo caído, afinal, a riqueza do lugar impressiona de verdade. Ademais, esse destino não é tão distante como muitas pessoas imaginam. Existem vôos que saem de São Paulo que leva aproximadamente 8 horas até a capital Joanesburgo.

Continue lendo e saiba o porquê você deve incluir esse destino na sua lista!

Viajar para África do Sul vai ampliar a sua visão cultural 

Quando se houve falar em África na maioria dos noticiários, o assunto é sempre o mesmo, a situação precária que parte da população que lá vive. No entanto, dificilmente se fala da exceção que é a África do Sul, uma parte do continente bem organizada, repleta de opções de hospedagem e muita diversidade de lazer.

A África do Sul é preparada para receber pessoas do mundo inteiro, a riqueza da cultura negra amplia a mente dos visitantes. 

Por toda a parte poderá se ver menções a Nelson Mandela, uma importante figura que lutou pelo direito dos negros para que eles pudessem realizar coisas simples como: Ir a praia, cinema e até mesmo pegar um ônibus.

Ações essas que eram repelidas anteriormente, pois o regime de segregação racial tornavam os negros não cidadãos, os impedindo de frequentar lugares onde os brancos estivessem.

Portanto, a capital Joanesburgo é o berço dessa cultura, onde haverá muitos pontos importantes como o “Museu do Apartheid” que mostra essa diferença racial, onde possui uma porta de entrada para brancos e outra para negros.

Bem do lado da capital da África do Sul fica localizada a cidade de Soweto, onde somente os negros que não podiam morar em Joanesburgo viviam. Além disso, a casa de Nelson Mandela também é aberta para visitação.

Safári, a riqueza da fauna

Ver animais como leões, tigres, búfalos e outros animais de uma forma diferenciada sem que eles estejam presos em gaiolas, você só vai conseguir presenciar se viajar para África do Sul.

Admirar eles soltos na natureza, ou seja, no habitat deles é uma experiência emocionante. O passeio que todos os turistas fazem é o ” Game Drive”, é um safári completo e muito seguro realizado por agências credenciadas do local.

Existem muitos tipos de safáris, alguns permitem a visualização de animais selvagens ( BIG FIVE) como os rinocerontes, leopardos, elefantes, leões e búfalos, enquanto que outros, mostram animais como zebras, girafas e etc.

É um passeio para toda a família!

Se deslumbrar com paisagens paradisíacas

Saindo de Joanesburgo os visitantes podem conhecer a cidade de “Cape Town”, uma região montanhosa de cume plano com cerca de 1085 metros de altitude. A visão é incrível, e tem um bondinho para que se possa admirar completamente.

Cape Town tem belas praias.

Outra opção é conhecer o “Cabo da Boa Esperança”, um lugar dono de um belo cartão postal da África do Sul, pois é repleto de falésias que junto com as praias de um mar bem azul formam um cenário encantador.

Gastronomia Apaixonante

A culinária é um dos pontos altos para os visitantes que topam viajar para a África do Sul, ele é cheia de sabores onde são adaptados pratos estrangeiros com ingredientes locais. Os principais deles são: Arroz, batata, milho, couve, repolho, abóbora e espinafre. 

Entre os pratos típicos da África do Sul estão:

  • Carne seca curada ao sol com vinagre, sal, açúcar e especiarias, o nome original é “Biltong”.
  • Cozido de carne moída servido com pão, leite, cebola, passas, castanhas e especiarias, se assemelha ao escondidinho, dizem que esse era o prato que Nelson Mandela mais gostava, seu nome é “Bobotie”.
  • Kebab de carne de cordeiro temperado com cebola, pimenta, alho, curry e suco de tamarindo, chama-se “Sosatie”.
  • Torta doce de massa bem fina com recheio de creme e polvilhada com canela, seu nome original é “Melktert”.

Os Africanos também fazem excelentes ensopados de carne e vegetais que são divinamente marinados com ervas, um deles inclusive é feito com cerveja ou vinho, preparado em panela de ferro, é considerado um dos mais importantes pratos de festa.

Povo amável e simpático

Hospitalidade é um ponto forte do povo Africano, estão sempre alegres e com o sorriso nos lábios. A cultura das vestes coloridas, danças e crenças africanas completam um cenário alegre em boa parte das atrações, isso faz com que todos os visitantes se sintam confortáveis.

Viajar para África do Sul é sem dúvida nenhuma algo diferente, é um passeio encantador e o País está pronto para receber famílias, casais, solteiros e grupos que desejem se divertir em suas atividades exclusivas, bem como admirar as belas paisagens. Que tal pensar nesse destino para suas próximas férias?

Depois de saber tudo isso fica ainda mais difícil não querer conhecer esta cidade, não é mesmo? Confira nossos pacotes para grupos de viagem! É só entrar em contato conosco através de nossos canais de atendimento.

Gostou do conteúdo? Confira também: 5 dicas essenciais para saber planejar sua viagem de férias!

  • 145
  •  
  •  
  •  
  •  
    145
    Shares
  •  
    145
    Shares
  • 145
  •  
  •  
  •  

FIQUE POR DENTRO DAS

DICAS DA MARY LEMOS TURISMO

Mary Lemos Turismo
Mary Lemos Turismo
O time Mary Lemos conta com Maria Lucia Lemos, há 30 anos no Mercado de Turismo e Kathy Polizel há 13 anos. A Agência de Turismo tem como premissa conectar pessoas e lugares criando possibilidades, sempre buscando os melhores preços e transformando passeios ou viagens de negócios em uma ocasião prazerosa e sem imprevistos com nosso suporte e apoio em tempo integral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *